Palestras e mais palestras…

Partilhe este artigo!

Parece mentira, mas é verdade!

Não tem sido fácil manter actualizada a lista de palestras que vou dando, ainda por cima com uma passeata a Estocolmo para entregar seis tubarões-de-pontas-negras, logo seguida de uma outra passeata a Przemysl, na Polónia, para darmos boleia a 7 refugiadas ucranianas, que deixámos nas mãos da Junta de Freguesia de Maceda (Ovar), depois de 4.000 quilómetros.

Mas vamos lá resumir as palestras de março, que começaram com a “Tubarões Voadores, Melgas e Rock & Roll” no dia 16, no âmbito das “Conversas com o Oceano”, organizadas pelos alunos de Biologia Marinha e Biotecnologia da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar, em Peniche.

Depois foi altura de dar um salto a Leiria no dia 24, para falar com alunos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão sobre a importância de se manterem focados nos seus objectivos, particularmente na carreira que estão prestes a iniciar, partilhando inúmeras dicas que poderão ajudá-los no caminho desafiante que se aproxima.

No dia 26, a manhã de sábado foi passada no magnífico Dino Parque a falar sobre alterações climáticas, com a palestra “A rã na panela”, baseada neste artigo. Mais importante do que isso, discutimos como todos nós, sociedade civil, podemos adoptar um vasto conjunto de medidas que travem as emissões de carbono para a atmosfera. Afinal de contas, não nos esqueçamos que andamos há mais ou menos 150 anos a retirar carbono que esteve enterrado no subsolo e a colocá-lo sobre as nossas cabeças, num esforço incansável que dura há século e meia, todos os dias, todas as horas, todos os minutos… Pois claro que, para este evento, vesti a camisa Loving the Planet.

Abaixo deixo-vos algumas fotos destes eventos, bem como o fabulástico vídeo promocional a esta actividade que, admito, aprecio cada vez mais, porque nada me dá mais gozo do que partilhar os disparates que fui fazendo ao longo dos anos, esperando que estes ajudem quem me ouve a não dar tantos trambolhões como eu dei…

Partilhe este artigo!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *